Obrigado, Seu Madruga

Graças a esse homem...

  • Aprenci que a vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena.
  • Que as pessoas boas devem amar seus inimigos
  • Que nada é mais trabalhoso que viver sem trabalhar
  • Que para sermos alguma coisa, devemos devorar os livros
  • Que para o amor não há barreiras, todas se rompem
  • Que mesmo sem um centavo no bolso, dá pra ter no rosto um sorriso franco e espontâneo
  • A não levantar nunca a mão para uma mulher
  • Que não há luta pior do que aquela que não se enfrenta

Obrigado, Ramón Valdés, por não apenas me fazer rir, como também por me ensinar tantas coisas maravilhosas.

Obrigado, Seu Madruga!